4 de julho de 2022
Pesquisa aponta que mais investidores estrangeiros participaram de aportes no Brasil no último ano

Pesquisa aponta que mais investidores estrangeiros participaram de aportes no Brasil no último ano

Um levantamento realizado pela plataforma Distrito aponta que a participação de estrangeiros nos aportes em startups do Brasil cresceu neste ano, na comparação com igual período de 2021, segundo levantamento da plataforma de inovação Distrito. No último ano, a participação desses investidores aumentou de 33% para 39% nas 238 rodadas de aportes.

Japão, Estados Unidos e Alemanha foram as nacionalidades dos investidores estrangeiros que mais investiram nas startups brasileiras. Outro dado trazido pela pesquisa da Distrito é a de que a participação de estrangeiros cresce à medida que as operações são maiores. 

Captações acima de US$ 50 milhões tiveram nada menos do que 90% de participação de gestoras internacionais. E também veio do exterior ao menos dois terços do capital investido nos últimos cinco anos no Brasil. No que se refere aos setores mais procurados por investidores estrangeiros no Brasil são as fintechs (26%), retailtechs (12%) e healthtechs (10%).

Em março de 2022, o Brasil atraiu, em média, R$ 1,390 bilhão por dia para a Bolsa de Valores nacional. A aposta em ativos atrelados a commodities (matérias-primas cotadas globalmente), cujos preços aumentaram muito desde a invasão da Ucrânia pela Rússia, é uma das hipóteses dos especialistas por esse fenômeno.

Conteúdo criado e publicado pela Publiclick – Informações entre em contato conosco. *Utilizamos imagens de livre exposição e bancos contratados, mas caso alguma imagem ou texto tenha direitos autorais, entre em contato conosco que removeremos imediatamente. Imagens de produtos e clientes são de inteiramente de responsabilidade da empresa.

Para entrar em contato conosco, preencha dos dados abaixo envie sua mensagem. 

Cadastre-se em nossa lista de parceiros e receba nossas novidades!